A dream in Tomato Land

I’d be in São Paulo
If I hadn’t dreamed
too much in a night.
I don’t know how to start it:

— So, I just know where
I was: In a land
which tomatoes were
planted everywhere.

Me and my friends ate
those fruits, about eight.
We couldn’t eat more
‘Cause
It was an adventure
that we, guys, could fly
Don’t puke in the sky!
— That’s the law!

It’s nice to see trees
When you’re up high.
Now I bend my knees
Why I thank You, Jesus.

So, here in the floor
‘S opened garden’s door
Tasty ‘omatoes stop
to drunk us to the top.

Tomatoes. Tomatoes!
All around of us.
We stumble our toes
when we pass thru those.

And
I woke up impressed
A dream dreamed lied
The great insane at last
So, we’ve turned to our debts.

SP, 18 de outubro de 2018

logo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

nossaliteratura.wordpress.com/

Literatura, leituras compartilhadas e textos autorais.

Memórias ao Vento

Eu li...E agora, recomendo! Meu maior desejo é ler todos os bons livros escritos neste Planeta.

Decantando Olhares

Erotismo e terror. Medo e sensibilidade. Humano.

Anatomia da Palavra

Muito sobre literatura, um pouco de tudo

ARMA ZEN

este mundo é real demais pr'um poeta só

A ESTRANHAMENTE

POESIA | FOTOGRAFIA | LITERATURA

Ideias imperfeitas

Literatura, filosofia e atualidades

%d blogueiros gostam disto: