Soneto pra ser lido no Smartphone

Hoje em dia ninguém lembra de datas
Sujeito à dependência a esse vício
Que abre o olho pra cegueira. É o resquício
Do moderno – o que se vê manda Whats.

– Jamais curtir momentos com a paz;
Correr pra lá e pra cá. E tudo é indício
De selfie — Péra!*. Não é só patrício
Que faz isso. Geral que entra atrás

Da tendência sem pensar em curtir
Vida, sem curtir um post qualquer.
Sair pra mostrar que riu é mentir

Para si. Vários seguidores se quer.
Do real é difícil desistir.
O mundo tá assim e pensar requer!

* momento do declamante tirar uma selfie.

21 de março de 2019
logo

 

2 comentários em “Soneto pra ser lido no Smartphone

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

Dr.Poesia

por Daniel Rosa Possari

No Time For Pants

Life Tips & Hacks for Success

sех dаting with thе mоst раssiоnаtе girls hеrе.

www.Josh.loveor.ru/ -- sех dаting with thе mоst раssiоnаtе girls hеrе.

Balladeer's Blog

Singing the praises of things that slip through the cultural cracks

Yla

Meu Blog ♡

bangdavit

Just another WordPress.com site

sumidao.com

todos os dias à zero hora um inédito conto poético por Igor Florim

%d blogueiros gostam disto: